domingo, 25 de janeiro de 2009

Palavras não ditas
e o silêncio significando.
Uns olhos tão verdes
e a tarde encoberta,
tudo cinza.
Uma alegria calma,
um sorriso leve
e a metafísica a se dissolver
no chocolate.
Uma rua que não é a minha
e um tempo que me é estranho.
Letras que me são alheias
e uma vida que é o outro.
Simples o mundo, um olhar...

Um comentário:

José Rodrigues (JR.) disse...

um olhar, um palpite, a impressão que o tempo passa e, de repente, a gente é que não foi. palvras, como vc mesma diz, não ditas, mas o silencio que expressa tanta coisa: uma alegria, uma tristeza, uma calma, uma agustia. versos que falam do que sentimos, pensamos e desejamos. palavras.

no acaso das conexões desembarquei por aqui e, por isso, deixo o convite: se vc quiser faça uma visita no experimentando versos:
http://experimentandoversos.blogspot.com/

abraços,